sexta-feira, 30 de abril de 2010

... e tenho saudades.
De me fazeres sorrir com tão pouco. Desse pouco que sabe a tanto. De me irritares com coisa nenhuma. De me perder a "olhar" as "suas" conversas.
Até tenho saudades de não ter o tempo contado.

1 disseram à tia:

Enviar um comentário