segunda-feira, 21 de julho de 2008

"O amor não espera à porta"

"Nunca conheci ninguém como tu, porque não há ninguém como tu. E, porque não há ninguém como tu, nunca quis ninguém como te quero a ti".

8 disseram à tia:

Tonto disse...
21 julho, 2008 17:12  

ALMAS GÊMEAS SEPARADAS

©Sicouza

Não viestes
expontaneamente.
Eu chamei por ti
e viestes meiga,sorrindo delicada.
Ainda permaneces aqui.
Ficastes e nos teus braços,
na tua alma agasalhei-me...
Acolhestes a minha carência
e no teu mundo entrei
Nos sonhos,na poesia,
no enternecer de melodias,
[como filho da lua],
foi o mundo em que sempre orbitei
e como entrei no teu,
para o meu te chamei
Nas confidências trocadas
entre queixas e risadas,
descobrimos tantas coisas comuns
que fazem-nos almas gêmeas,
andando por estradas separadas!

...Lu... disse...
21 julho, 2008 20:26  

Muito bom o livro, mas, confesso, fiquei um bocado desconsolada... esperava mais.. mas, lá está, eu, com os livros, so uma caso perdido... lolololol

:P

Um beijão enorme, enorme Tiuska linda do meu coração

Não sei quem sou... disse...
23 julho, 2008 08:49  

Just one smile can change all of mine
We share the same soul
Oh oh oh oh oh ohhh
We Share the same soul
Oh oh oh oh oh ohhh
We Share the same soul
Oh oh oh oh oh ohhh
Oh oh oh oh oh ohhh
Umm umm umm uhhhhhhmm

M. disse...
23 julho, 2008 10:35  

ai que a Titi a morrer de amores!

Sofia disse...
23 julho, 2008 11:43  

Não espera à porta, mas a Tia não tem porta... tem uma bela janela cheia de sardinheiras! :P

Não desanime, tia! Tudo demora o seu tempo.

Just a Girl disse...
23 julho, 2008 13:17  

Tia e sobrinha mais uma vez em sintonia! N�o sei se bom, n�o sei se mal...mas a verdade � esta.

Cati disse...
23 julho, 2008 14:12  

<3


Ai esse Alzheimer...

Merchi disse...
28 julho, 2008 08:48  

... adorei.
Infelizmente há dias assim ...

Enviar um comentário