terça-feira, 22 de maio de 2007

Eu...

Eu roubei um post à VIDA e como, nestes últimos dias, o neurónio está mais preocupado em combater a alergia do que propriamente procurar inspiração para postar, aproveito para lançar o desafio que já tardava. Por isso, sobrinhos queridos, em especial LúciaLourenço, Lei da Rolha, Cati, Gotinha e Nunovsky... mais uma rifa!

Eu Quero: uma Zubaida para me engomar o Everest de roupa que se acumula a uma velocidade estonteante
Eu Tenho: idade para ter juízo... mas nem sempre se verifica
Eu Acho: moedinhas de 2 cêntimos no fundo das carteiras... mas o meu desejo era achar notas roxas
Eu Odeio: gente burra... (leia-se ministra e secretários de estado)
Eu sinto saudades: do meu ilhéu... da minha avó...
Eu escuto: a minha consciência... mas nem sempre vou na conversa da gaja
Eu cheiro: a naftalina
Eu imploro: para me baixarem os impostos
Eu procuro: rapaz rico, inteligente, com 1,91, louro, musculado, lábios carnudos, rico (já disse), com casa e carro próprio, de boas famílias....
Eu me arrependo: daquilo que não fiz
Eu amo: -me!
Eu sinto dor: por causa dos bicos de papagaio... pode não parecer, mas já não estou na flor da idade
Eu sinto falta: de dinheiro... essencialmente
Eu importo-me: ... sinceramente... não! a maior parte do tempo é mais "estou-me a cagar"... é do stress.
Eu sempre: fui virgem
Eu não fico: bem sem as minhas novelas
Eu acredito: que um dia, vou ganhar o euromilhões
Eu danço: em todo o lado... mesmo quando não há música
Eu canto: desalmadamente
Eu choro: por tudo e por nada
Eu falho: no percurso a caminho do WC quando acordo durante a noite - resultado: dedo mendinho doiiiiiiiiiiiiii.
Eu luto: para não ficar para tia
Eu escrevo: posts de cáca

Eu ganho: muito menos do que aquilo que mereço
Eu perco: a cabeça com as propostas indecentes que o Reynaldo (sim, o Gianecchini) me faz por telefone... é pena estares longe filho. E muito frequentemente perco a cabeça com as burrices da ministra
Eu nunca: ... não fica bonito uma senhora da minha idade falar nesses termos, mas se sou virgem, não será difícil perceber o que nunca fiz

Eu me confundo: com o PUXE e o EMPURRE escrito nas portas
Eu estou: a escrever um post, com um olho nas almondegas e a ver o jornal da noite
Eu sou: a TIA CREMILDE
Eu fico feliz quando: estou no meu ilheu

Eu tenho esperança: de um dia ser uma tiazoca com himalaias de argent
Eu preciso: de umas férias numa ilha deserta com 4 ou 8 ou 17 sobrinhos (tipicos das 6ªs) a me mimarem
Eu deveria: estar a trabalhar

11 disseram à tia:

_+*A Elite in Paris*+_ disse...
22 maio, 2007 22:10  

Doidinha a tia! nao tem saudades da xobrinha?

pandora disse...
22 maio, 2007 23:33  

eu fartei-me: de rir com este post!
quer dizer que tb se baralha com o puxe e empurre!? assim já sei que saio a si minha querida tia, ehehe.

beijokas.

Paula Nogueira disse...
23 maio, 2007 10:30  

Bem tia.... adorei ler... és uma pessoa fora de série... parabens!!!!

Barão da Tróia II disse...
23 maio, 2007 13:36  

Um post à maneira, cheio de humor, boa semana.

pisconight disse...
23 maio, 2007 17:44  

hehehe
Grande Tia!!
;)

Cati disse...
23 maio, 2007 21:39  

Oh tia, assim que tiver um tempinho respondo ao desafio ;)

Obrigada por me acolher no seu seio tia, é para mim um orgulho ser desafiada pela tia mais curtida da blogosfera!!!

Beijinho

Sininho disse...
23 maio, 2007 23:03  

E A Tia consegui arrancar me uma enorme gargalhada, que bom, faça mais destas coisas

Gotinha disse...
23 maio, 2007 23:47  

Tia querida,
acabei de terminar o desafio. Está publicado. Espero continuar no testamento.
;-)

Cati disse...
24 maio, 2007 14:07  

Tiazona, já está repondido o desafio!
Montanhas de beijos da sobrinha ribatejana

VIda disse...
24 maio, 2007 19:26  

demais!!!bjs

http://divagandovida.blogs.sapo.pt

Nunovsky disse...
24 maio, 2007 22:32  

Sempre, sempre em grande. Já estive a ler as respostas brilhantes da maior estrela da blogosfera mundial e já respondi ao pedido. E as almondegas, estavam boas?

Beijo grande :)))

Enviar um comentário