quinta-feira, 14 de dezembro de 2006

Natal

Levante o braço quem como eu acha, que o Natal de agora não tem nada a ver com o Natal de antigamente, principalmente no que toca a prendas. Se bem me lembro, a malta dos mil novecentos e setentas pedia ao pai natal aquilo que via na televisão e principalmente na montra das lojas. Ele era Barbies, He-mans, Pin-&-Pons, walkie-talkies, Playmobils, carros telecomendados, o "quem é quem?", uma pista de carros, o carro da Barbie... A malta agora, com 11 anos, não quer saber dessas tretas... a malta agora, com 11 anos, pede telemóveis!!!E agora eu pergunto: um telemóvel pra quê, suas crianças totós?? Para combinar jantares e saídas à noite?? Para tratar assuntos de trabalho?? Não consigo perceber... mas é bem feito... depois dá azo a que isto aconteça:
- "Onde estavas?"
- "Na casa do Salvador..."
- "E porque é que não atendeste o telemóvel quando te liguei?"
- "Porque não ouvi..."
- "Ai não ouviste??... Estás de castigo... esta semana não te carrego o telemóvel"

E assim se deturpa o espírito natalício e a infância de um pré-adolescente!


21 disseram à tia:

Francis disse...
14 dezembro, 2006 10:56  

casa do Salvador é bem...

mas qual Salvador, o Menino ?

LuciaLourenço disse...
14 dezembro, 2006 11:10  

É que já nem vale a pena comentar...

Modernices!!!!!
(Pareço a minha mãe a falar... HELP)

Anónimo disse...
14 dezembro, 2006 13:03  

Querrida Titia, 11 anos??? Não, não, não, não, não.

os putos da primária já todos têm telemóveis, play stations portables...portateis, e o diabo a 4...

Eu, quando andava na primária, tive um ano um bebe chorão, daqueles carecas, super feios...e NUNCA tive uma barbie (daí o meu trauma que nunca consegui ultrapassar)

A minha sobrinha tem 6 anos e está sempre a pedir um portátil, ao que o irmão, de 3, pede também...mas ele sabe o que é o dito coiso

Este mundo está perdido...

Beijocas Tiazoca

Et disse...
14 dezembro, 2006 13:41  

Que saudades d'A minha agenda! :)

Rute disse...
14 dezembro, 2006 15:01  

Pois é incrível. O ano passado o meu irmão ofereceu à minha sobrinha(na altura com 9 anos), um Nokia Comunicator, e nos anos um computador todo XPTO, agora pergunto, como é que estas crianças depois dão valor a tudo o resto que lhes dão? Aliás, estas crianças não dão valor a nada, não se movem um pouquinho para conseguirem o que querem, hoje em dia basta fitas e birras e tem-se tudo o que se quer.

Bem haja**

pisconight disse...
14 dezembro, 2006 15:04  

É bem verdade!! Eu pedia sempre Kalquitos, bonecos da playmobil (antiga Famobil) e legos.
;)

Anónimo disse...
14 dezembro, 2006 15:12  

É nestas alturas que dou graças p/o meu puto (p/enquanto)´só pedir noddy, ruca e afins!E nós é que fomos considerados a geração rasca?!Haja paciência que a culpa não é de quem pede mas de quem dá!

Marco Ferreira disse...
14 dezembro, 2006 15:18  

O telemóvel, para essas crianças, não serve para fazer e receber chamadas. Serve para ouvir músicas, para tirar fotos, para ver os videos da moda, para mandar sms e mms, etc.
E pior ainda é que se fores dar um telemóvel sem câmara fotografica não querem, tem de ser da última geração.
Maldita sociedade de consumo.

marinheiroaguadoce a navegar

Anónimo disse...
14 dezembro, 2006 15:43  

O melhor que me podiam dar no Natal eram Legos, passava horas e horas a construir grandes cidades (pelo menos eu achava que eram grandes...). Agora se derem Legos a algum miúdo ainda levam com eles na cabeça...

amigona disse...
14 dezembro, 2006 21:11  

Tal e qual tia!!! Já agora , zangou-se comigo?!!! Beijo...

Sininho disse...
14 dezembro, 2006 21:22  

Pois sim nos natais de infância contentava me com o que me davam (bonecas baixinhas e gordinhas, e outras coisinhas poucas) hoje já tudo é xpto e cuidado já tá tudo escolhido já n há novidades

marco disse...
14 dezembro, 2006 21:38  

eu queria uma namorada!

Yashmeen disse...
14 dezembro, 2006 21:42  

Eu conheço uma miúda de sete anos que tem um telemóvel mas mal sabe escrever... lol

Casemiro dos Plásticos disse...
14 dezembro, 2006 23:33  
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Kristal disse...
15 dezembro, 2006 01:47  

Querida Tia Cremilde, sei que pode parecer um pouco precipitado, mas acho que como estarei viajando, não poderei ver os blogs amigos até o final do ano.
Portanto quero deixar-lhe desde já meus votos de felicidades, saúde e paz para você, seus leitores, amigos e a sua família.
Um beijo
e até breve
Kristal

Joao Barciela disse...
15 dezembro, 2006 09:29  

Concordo plenamente... os putos com essa idade ainda acham um telemovel um espetaculo.. ter um telemovel é como uma miragem... é td muito bonito mas dps temos de carrega-lo e dps tao sempre a sair telemoveis melhor e ficamos tristes pq keremos logo outro..!! lolol

se forem putos inteligentes pedem um topo de gama e em vex de andarem a carregar peçm aos vossos cotas para terem um cartao de assinatura.. assim nunca acaba o dinheirinhu.. né tia?.. lolol

Tia tenhu novo post!!! vais gostar.. dá la um salto!!!

(já tas nos meus links sua maluka)

Anónimo disse...
16 dezembro, 2006 00:37  

São as modernices...

Nunovsky disse...
16 dezembro, 2006 23:46  

Já agora, estava na casa do Salva a fazer o quê?! É que o pessoal gostava de saber! LOL

Anónimo disse...
18 dezembro, 2006 08:48  

Essa é que é essa! É bem verdade...

Olha que eu no outro dia tinha no correio um folheto de brinquedos para o natal e a minha expressão foi a da mesma satisfação de há uns bons anos atrás... até que me lembrei que já não tenho idade para nenhuma daquelas coisas... :)

Anónimo disse...
18 dezembro, 2006 14:20  

lolololol
Demais:D

Enviar um comentário