terça-feira, 13 de junho de 2006

Tempo de antena a mais!

Evitei ao máximo que estes gajos fossem tema de conversa neste meu cantinho, mas não resisti... não consigo ficar calada perante tais manifestações de "carinho". Além disso, as barbaridades que estas criaturas insistem em mandar pela boca fora (e isto é só uma amostra da incapacidade energúmena de falar) são para mim completamente surreais... não me parece possível tanta estupidez convictamente concentrada na mesma alminha.
E onde é que andam as mães destes meninos com manias de espertos para lhes pregar um valente pancume nos cornos??

P.s.: Xenofobia quer dizer aversão a outras raças e culturas. Muitas vezes é característica de um nacionalismo excessivo. A xenofobia é um medo intensivo, descontrolado e desmedido em relação a pessoas ou grupos diferentes, com as quais nós habitualmente não contactamos... e já dizia a minha avó: quem tem medo, compra um cão!

19 disseram à tia:

Paula disse...
13 junho, 2006 12:39  

Pois é tia... eu infelizmente também já "dediquei" dois posts do meu blog (que ainda é um bebé) a estes anormalóides! Hoje ainda pensei falar disso, mas concluo que esta gente não merece que se fale dela!! Não se zangue comigo tia, mas só me apetece dizer que são uns grandes c#b%õ&s, filhos de uma grandessíssima mãe vendida!! E "prontus" não posso dizer mais nada, que não fica bem a uma sobrinha dizer estas coisas à tia!

Blossom disse...
13 junho, 2006 14:17  

Eu que andei um pouco atiçada com os meus últimos posts, resolvi dar umas tréguas por hoje, e pode ser que amanhã eu dedique um bonito post a esses cócós que andam de cabeça rapada por causa das pragas de piolhos!

Já agora, a Tia não deve gostar nada de canitos...então, coitados dos bichos que têm a infelicidade de ter aqueles escrotos como donos. Antes a morte!!! Se têm medo, fiquem em casa, ou enfiem um balázio na cornadura, a ver se a malta se importa!

sereia disse...
13 junho, 2006 14:20  

Malvados, estes nem com balázios lá vão..quem sabe a tortura??
Beijo Tia

Joaoputo disse...
13 junho, 2006 14:29  

sim concordo! =P mas há males que vêm por bem! imagina só se eles cá não estivessem! os pretos e mitras(brancos com mania que são pretos) revoltavam-se e acabavam eventualmente por difamar por completo a palavra calma! eu vejo a coisa como uma relação cobra/rato. As cobras são más mas comem os ratos!já para não falar que não há tantas cobras como ratos! e que os estragos vêm quase sempre dos ratos!claro que as cobras tb mordem pessoas! ;)

Ps-se eu sou branco eles são pretos. para justificar o pk de pretos!

Meiguinha disse...
13 junho, 2006 16:39  

Sabe tia, se eu pudesse mandava-os durante 3 meses para um campo de concentração nazi.

Estou convencida(e conheço quem pense o mesmo) que vinham de lá curados.

Um beijinho a obrigada por este post.
Há muita gente que precisa de abrir bem os olhos.

Meiguinha disse...
13 junho, 2006 16:40  

Queria dizer " e obrigada".

marta disse...
13 junho, 2006 17:13  

Já estou pelos cabelos com estes atrasados mentais! Ainda por cima dei-lhes tempo de antena no meu blog, também... E ainda sou acusada por estar numa "cruzada" contra os nacionalistas. Eles é que têm estado em evidência... e pelas piores razões. Não há pachorra!!!

Olá, eu sou a marta! Que isto de chegar sem mais nem menos a blogs alheios e nem bom dia, nem boa tarde não se faz! :)

Mim disse...
13 junho, 2006 17:28  

Sem comentários.

Cruzeiro disse...
13 junho, 2006 18:26  

Enquanto a comunicação lhes der tempo de antena para que divulguem o que pensem e os actos que cometem eles vão andar por aí e achar que são importantes...
Beijinho

DS Gaia disse...
13 junho, 2006 18:26  

E se continuar com medo compra outro olhá a merda...
Isto é tudo uma cambada...

125_azul disse...
13 junho, 2006 19:01  

Há gente que acha que a cabeça tem como única função separar as orelhas... Beijinhos Tia

Maria disse...
13 junho, 2006 23:26  

Bem, hoje não vou comentar. Ainda estou a digerir os comentários sobre a Xenofobia lá do meu post.

Amanhã talvez. Volto a passar e logo se vê.

Daniela Mann disse...
13 junho, 2006 23:44  

Não consigo entender essas pessoas! A sério que não consigo!

Nunovsky disse...
14 junho, 2006 00:15  

Isso é escumalha que não interessa nem serve a sociedade. Eles, que tanto gostam de câmaras de gás, mereciam uma só para eles.

ME disse...
14 junho, 2006 10:44  

Apoiada Tia.
São pessoas de um grau de estupidez tão elevado que não há palavra certa para descrever!

zeca disse...
14 junho, 2006 10:46  

Ínfelizmente, esse tipo de movimento existe. Mas não devemos ver as coisas isoladamente.
O neonazismo, e todos os outros movimentos que defendem a discriminação são apenas o espelho de "seres humanos" que vivem na escuridão. São pessoas muito mal "amadas", com um grande e longo caminho a percorrer...
O que dizem, o que fazem é de todo inaceitável. Mas ao ler todos estes comentários, fico triste. Tanto "ódio" nas palavras, tanta "violência"... Se pensarmos "correctamente", se conseguirmos analisar isso de uma forma "externa" veremos que tanto aquelas pessoas que se designam de "neonazistas" como as que fazem os comentários, ambas estão a "usar" de violência, umas nos actos outras nas palavras. Acreditem que a violência gera violência, e o antídoto certo será sempre o "Amor", nunca a violência! Poderá parecer "estranho" para a maior parte das pessoas, mas a "mudança" terá que ocorrer em cada um de nós... Se retrocedermos no tempo e pararmos na epóca dos nazistas, na época daquele horror que foram os campos de concentração e pensarmos com o coração, nunca poderemos atribuir a culpa a um só homem, o hitler. Ele sózinho nunca conseguiria ter o impacto que teve dizimando tantas vidas.Foi a permissão de milhares de pessoas que contribuiram para a concretização de todos os horrores. No fundo, muitos foram os responsáveis...Se cada um de nós, mudar a sua postura em relação a tantos assuntos, que apesar de controversos, só serão resolvidos com muito amor pelo próximo, então esses movimentos não terão lugar neste planeta.
Falamos nestes movimentos, indignamo-nos pela sua discriminação, e está muito correcto, sim senhor! E no nosso dia à dia, porque não nos indignamos nós quando os nossos olhos separam realidades? Quando nos deparamos com um "mendigo", com um "cigano", com alguém diferente do nosso club, como reagimos? Indiferentes ou com "agressividade"! Quantas vezes estendemos nós as mãos a essas pessoas? Vivemos as nossas vidinhas, e porque temos uma vida melhor, porque não andamos "sujos", porque até temos boa aparência, achamo-nos superior a essas pessoas e tratamo-las como tal, inferiores. Basta olhar para os noticiários e ver... É triste ver as pessoas incapazes de "gerirem" a sua própria violência. Sim porque quanto maior for o "desarranjo "interior" maior será a agressividade espelhada para o exterior. Muito mais haveria para dizer, mas fica só o meu desejo por um Mundo melhor e para que isso acontece há que mudar a nossa postura perante o nosso "semelhante". Porque esse semelhante poderá errar, poderá ser "animalesco" mas nunca deixará de ser nosso semelhante e só o nosso amor o trará de volta ao caminho... e porque até aí ele apenas se encontra em atalhos...
E como disse Einstein e disse muito bem
"O nacionalismo é uma doença infantil: é o sarampo da humanidade."

Titi um beijinho muito grande para ti e desculpa alongar-me, mas quando começo a falar, ups, a escrever, e escrevo, escrevo, escrevo....

Visi disse...
14 junho, 2006 12:46  

Complicado, controversos, polémico e ambíguo este tema...


Joquinhas tchitchia

Maria disse...
14 junho, 2006 12:55  

É de facto quem tem medo compra um cão. E andam aí uns e outros a precisar urgentemente de comprar um bichano.

Na volta é por isso que o governo quer institucionalizar o dia do cão (como explica o Nunovsky no seu blog).

Enfim,....

dakova disse...
09 abril, 2007 11:11  

cá para mim não deixam de ser tentativas imbecis de exibicionismo... com um tanto quanto de encéfalo meio putrefacto...

Enviar um comentário