domingo, 27 de agosto de 2006

Os nossos bichinhos

Por sugestão/desafio da sininho, hoje apetece-me apelar às coisas do coração e dedicar este post ao meu Sebastião (... como se ele o fosse ler... duhhh! ok! o que conta é a intenção).

Este saco de pêlos tem agora 3 anos. Foi pai pela 1ª vez há pouco tempo, é hiperactivo e inteligente de mais para ser cão. Adora garrafas de plástico vazias e lenços de papel (para mastigar), tem a mania que tudo o que é bola é dele, não simpatiza lá muito com aves nem com os gatos da vizinha, tem uma psicose por motas de água (long story... fica para depois) e adora as pernas das minhas amigas. É guloso por frango e chocolate, que só come quando o rouba, porque o menino é alimentado a ração. É muito obediente à sua dona... principalmente quando é ameaçado. Quando vai passear, qual obediência qual quê (horas de treino para nada!)... aí o gajo é possuído por um espírito autista e não liga a mínima pra ninguém! Quando é repreendido fica amuado... chega mesmo a me virar o focinho quando o chamo.
É por tudo isto e pela dedicação e carinho que me dedica, pela simpatia que me recebe quando chego a casa, que o Sebas já faz parte da família... é difícil imaginar o dia-a-dia sem ele.SEBASTIÃO:
Tu és um saco de pêlos.
Tu nunca tiveste um minuto de trabalho.
Tu lambes a cara de desconhecidos com a única intenção de me envergonhar.
Por vezes, tresandas como uma manta velha, mal cheirosa e húmida.
Não és apenas daltónico, Tu nem sequer sabes destinguir uma carpete de um sofá.
Tu finges que achas que a palavra "não" incompreensível.
Tu insistes em partilhar o teu desafinado latido com a vizinha do lado.
Por alguma razão, tens medo de aspiradores.
A esfregona põem-te louco.
Tu não tens vergonha nenhuma.
Os teus peidos são piores que esgoto.
Tu és a coisa mais preguiçosa, suja, teimosa e presunçosa que conheci em toda a minha vida.
Mas eu acho que és perfeito.
(Campanha "somos pelos cães" da Pedigree- adaptado)

Em homenagem aos nossos bichinhos, deixo-vos o repto da sininho:
1) Qual o animal doméstico que mais aprecias, e porquê?
2) O que nos contas sobre o teu animal de estimação?

19 disseram à tia:

Dora disse...
27 agosto, 2006 11:40  

Hoje sou a 1ª!!!
i'm not an animal person :(
Mas beijinhos ao Sebastião!! Ganda home!!!

sem-comentarios disse...
27 agosto, 2006 11:52  

Já simpatizei com o Sebastião, merecida homenagem que lhe fizeste !

e ele é mt giro !

bj*

Alentejano disse...
27 agosto, 2006 12:49  

Não percebi, então tu dizes que o cão é muito inteligente e depois dizes que adora garrafas vazias e lenços de papel ( para mastigar ) realmente uma inteligencia de cão...

Aí espera ..... tambem dizes que ele adora as pernas das tuas amigas.Huuuummm realmente o cão é esperto.

Alentejano disse...
27 agosto, 2006 12:52  

O animal domestico que mais aprecio é a minha tartaruga, faz me tanta companhia, passa seis meses a dormir e eu passo os outros seis...........

KNOPPIX disse...
27 agosto, 2006 13:08  

Cara tia Cremilde, é a 1ª vez que visito este blog e fiquei logo fã, parabens!
No que se refere aos animais de estimação, gosto de todos, já tive patos, cães, hamsters, peixes, tartarugas e agora sou dono duma linda gatinha vadia que adoptei, sem saber que estava grávida e agora tenho mais 4 lindos gatinhos, mas não me importo, são lindos, meigos e mereciam ter um lar onde fossem felizes.
Vou de férias hoje mas os meus gatos não ficam abandonados à sua sorte, como é tão normal nos tugas...
Arranjei-lhes um lar provisório e sei que serão muito bem tratados.
Beijinhos

KNOPPIX disse...
27 agosto, 2006 13:32  

Hummmm... mea culpa... A gata não estava grávida mas sim prenha :p
Beijinhos

Catarina Pati disse...
27 agosto, 2006 13:35  

querida Tia:
Uma bela declaração de amizade, sem duvida alguma.
De momento não tenho animais de estimação, para meu desgosto, mas tenho a minha Remimi (uma gata manhosa preta e branca) que mora com a minha irmã e pela qual se apaixonou ( a grande traidora!!)
Espero voltar a ter pelo menos um cão, porque uma casa sem cães, gatos, plantas e livros, desconfiar dos habitantes!!!
Bjtos grandes

Yashmeen disse...
27 agosto, 2006 14:13  

É Linddoooo! Curioso: o meu cão, que é da mesma raça, tem exactamente o mesmo comportamento e manias.

Maria Vinagre disse...
27 agosto, 2006 16:44  

Tia, fui às lágrimas com o poema dedicado ao Sebastão. Ainda agora tive a pôr uns elogios a uma amiga minha que me obrigou (mesmo) a dedicar um post aos Parabêns dela, e se eu soubesse era só fazer copy+paste da Ode ao Sebartião, só retirava o "Mas eu acho que és perfeita".
Parabéns ao Sebastião.

Eu já tive um canário zarolho e coxo que cantava como se não ouvesse amanhã. Chamava-se Koshi.
Tive uma gata chamada Mirita Casimiro que desde que me deu uma dentada e eu lhe mordi o rabo de volta, nunca tivemos um bom realacionamento.
Quando o Koshi morreu, a safada da Mirita foi busca-lo ao caixo-te do lixo, por isso tivemos de enterrar o pobrezinho no quintal.
A Mirita entretanto morreu de velha e virgem.

Adoro os bichinhos, mas eles morrem e deixam muitas saudades!

Trudita disse...
27 agosto, 2006 18:15  

Amiga Cremilde:
ainda bem que já passou a rouquidão, o bagaço é cura santa!
Eu já tou de volta, e vou montar uma casa de putedo para senhoras sem companhia! Se a amiga quisere, pra si faço desconto!

Quanto ao animais, eu tenho de tudo: Burros, vacas, galinhas, patos, porcos, cães, gatos, um crocodilo (que uns alemões me deixaram lá ficar) e depois tenho aquela bixeza mais chata: baratas, percevejos, aranhas. Agora com o calor é uma praga!
Ah, também tenho um homem que é um animal. O meu amigo Gervásio! É manso como um borrego, mas bruto como um bode!

Bêjos amiga e veja lá se precisa de homem!

S&M disse...
27 agosto, 2006 21:24  

Olá Titia
O meu cão ficou com os meus pais assim que me casei...mas ADORO o meu Gaspar...sim...é como se chama: gaspar
E faço minhas as suas palavras para o descrever!
Adoro aquele cão que já vai ficando velhote, mas sempre com um ar maroto... :)
Beijos cheios de mimo
S

Skinner disse...
27 agosto, 2006 23:47  

Bonita homenagem aos nossos fiéis amigos! O lenço de portugal não poderia faltar... ;)

Cumprimentos dos Pardieiros :P

marco disse...
28 agosto, 2006 09:16  

Por acaso os Labradores são dos cães que mais gosto. Mas agora tenho uma "Nikita", que é a minha piquena gatita. Só faz 3 coisas (pronto, vá lá 5): comer, dormir, morder a tudo o que mexa e eventualente cagar e mijar. Gosta principalmente de mijar quando eu lhe tou a limpar a areia, o que é chato...
Beijinhos à tia

tuga disse...
28 agosto, 2006 11:21  

No quintal há de tudo. Patos, coelhos, galinhas, canários, peixes e cãese até rastejantes como a cobra da vizinha. Como tenho pavor a cobras quando essa entra saio eu. Os cães têem lugar especial, apesar do ultimo monte de pêlo ter roido as cadeiras da cozinha acabadinhas de estrear.

Liliana disse...
28 agosto, 2006 11:54  

O meu gato era uma gata e chamava-se Matilde. Depois de algusn meses uma amiga foi lá jantar a casa e apontou-lhe uns tintins meio atrofiados. como tivemos medo que tivesse problemas de orientação sexual e tendo em conta que os dois "papás" são psicólogos mudamos-lhe o nome. Agora é Freud!!!

Insueto disse...
28 agosto, 2006 14:05  

A pior do meu Puff foi: estava eu sossegadita na praia, feita lagartixa, a julgar que o menino estava ali deitadinho debaixo do chapéu, quando começo a ouvir uma criança a chorar. Levanto a cabecita e deparo-me com a seguinte cena: o Puff a roubar a sandes a um miúdo, enquanto a mãe aflita fazia "xô, xô" como se estivesse a enxotar uma mosca. Quanto mais o puto puxava o pão para ele, mais o Puff trincava e mastigava. Lá me levantei eu, pedi mil desculpas e ofereci-me para ir comprar uma sandoca ao miúdo; enquanto gritei feita tiazona na 3.ª pessoa "já para a sua cama". Só me apeteceu rebolar no chão a rir!!!!

Cruzeiro disse...
28 agosto, 2006 19:57  

Eu adoro gatos. Mas, desde que o último morreu de velhice,tive tamanho desgosto que nunca mais tive nenhum.

Sininho disse...
29 agosto, 2006 15:19  

Adorei o k li o Sebastião sem dúvida é um belo menino, e obrigada Tia por ter aceite o convite, e já agora um beijo enorme ao Sebas.

Maria disse...
04 setembro, 2006 12:44  

Lindo o bichinho...

Enviar um comentário