domingo, 7 de maio de 2006

Não serão todos os dias o Dia da Mãe?!

Olha - queres ouvir-me? -
às vezes ainda sou o menino
que adormeceu nos teus olhos;
ainda aperto contra o coração
rosas tão brancas
como as que tens na moldura;

ainda oiço a tua voz:
Era uma vez uma princesa
no meio de um laranjal...

Mas - tu sabes - a noite é enorme,
e todo o meu corpo cresceu.
Eu saí da moldura,
dei às aves os meus olhos a beber.

Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.
E deixo-te as rosas.
Boa noite. Eu vou com as aves.

Eugénio de Andrade
in «Os Amantes Sem Dinheiro» (1950)

23 disseram à tia:

"A Sogra" disse...
07 maio, 2006 13:39  

Falta o dia da Sogra, para eu poder receber um poema destes também... ;)

Catarina Pati disse...
07 maio, 2006 13:40  

Para todas as mulheres que tem filhos, para todas as que gostariam de ter e não tem, para todas as que são mães dos filhos de outras e que os amam e estimam como se fossem delas.
Todas essas mulheres são mães, até memsmo as tias quando perdem noites de sono com sobrinhos doentes e os levam ao parque, e os aturam pacientemente :):)
Um bjnho e um bom domingo

alfazema disse...
07 maio, 2006 14:01  

Tia Mila (Cremilde)
Claro que o são todos os dias e esse génio ( Eugénio de Andrade/ José Fontinha) foi um filho dedicado. Aproveita e lê o que ele escreveu sobre isso. A mãe fonte de vida, mão que dá o peito, embala o berço, afaga o rosto, ameniza a dor, adoça o filho que com dor pariu e depois sorriu.
Jinhos tia querida

just girls disse...
07 maio, 2006 14:44  

Parabéns a todas as mães..
E a tia Cremilde??já pensou em ser mãe também??Pelo que parece, ainda tá ai para as curvas..

tix@

Rosmaninho disse...
07 maio, 2006 14:45  

Dá-me licença, Sra D. Cremilde

Não sei se gosta destes atrevimentos, entrar em sua casa sem ser convidada mas... através da Alfazema Azul tenho aqui estado, quase todos os dias, em silêncio.

Gostei do que li no seu perfil e, frequentemente, sorrio com o que a Tia Cremilde aqui escreve.

Em ano comum, a mãe tem 365 dias, fica a ganhar com o bissexto!

~*Um beijo*~

P.S.O menino da catequese e o sobrinho são um encanto!

ME disse...
07 maio, 2006 15:01  

Se não ouver dia da Tias... nós fazomos um para te poder dar os parabens a Tia mais a frente de todas...a Nossa Tia Cremilde.

Obrigado, e beijinhos:)

Da mãmã Babada do David.

Carlos Barros disse...
07 maio, 2006 15:30  

"mãe só há uma." e ai o menino saiu aborrecido.... teve de ir comprar outra (cerveja)

Belzebu disse...
07 maio, 2006 17:40  

A sensibilidade de Eugénio para falar de Mãe é enorme! Boa escolha.

Saudações!

greentea disse...
07 maio, 2006 17:50  

só pela tua introdução, pelo perfil que desenhas de ti própria, vale a pena vir aqui... e não creio que estejas tão senil assim , se até te dás conta que começas a ter sintomas de alzheimer...
olha, não penses neles. há gente de 20 anos que está bem pior que nós.
um beijo para ti.

amigona disse...
07 maio, 2006 17:52  

Um beijo tia ... e boa semana para ti...

SA disse...
07 maio, 2006 18:24  

É muito lindo o poema. Boa escolha :)

Dra.Daniela Mann disse...
07 maio, 2006 20:25  

Querida Tia Cremilde,
Muito obrigada pelo seu link e pelo comentário tão amável!
Desejo-lhe um dia da mãe muito feliz!
Beijinhos da Daniela

Anamargens disse...
07 maio, 2006 21:52  

Doçura, Tia Cremilde, Doçura.
Um beijo carinhoso.

Tia Concha disse...
07 maio, 2006 22:13  

Tia,

Tú mostras a tua...
e eu mostro a minha...

Vamos ver quem tem a mãe mais bonita!hehehe

alfazema disse...
07 maio, 2006 22:32  

Tia Mila

Boa noite. Descansa bem. Quero-te bem disposta amanhã. Saíste-me fresca.
alfazemaazul Tia Fa

canela_e_jasmim disse...
07 maio, 2006 23:04  

Um beijo para a tia neste dia especial que, sim, deveria ser, ou é, todos os dias.

Paulo Figueiredo disse...
08 maio, 2006 00:03  

sÃo sim, todos os dias, dias de mãe!

Casemiro dos Plásticos disse...
08 maio, 2006 00:20  

Dia da mãe é um dia bestial até pus aquela musica da mãe querida a tocar LOL
Beijo á tia!

Bífido disse...
08 maio, 2006 00:21  

beijos pa tia*

xprodoksit disse...
08 maio, 2006 01:12  

Hola! Belki bir gün yazdıklarınızı anlayabilirim ama bu şimdi değil... :))

DS Gaia disse...
08 maio, 2006 09:37  

Lindo poema acompanhado com uma bonita foto...

Liliana disse...
08 maio, 2006 10:03  

Embora julgasse tarefa impossível, a citação do meu poeta preferido fez-te subir na minha criteriosa consideração... Beijos...

Fontez disse...
08 maio, 2006 19:47  

Bom e bonito post.
Sem dúvida que a Mãe é um Ser muito especial.
todos os dias a nossa mãe faz-nos falta.
horrivel e triste são aqueles que não têm mãe...

Enviar um comentário